OFTALMOLOGIA

Cirurgias Oftalmológicas
O Centro Médico Santa Luzia, em parceria com o Hospital de Clinicas de Conquista (HCC), disponibiliza para os seus pacientes as seguintes cirurgias oftalmológicas:

. Catarata
. Pterígio
. Calázio
. Blefaroplastia

Acuidade Visual
Acuidade visual (AV) é uma característica do olho de reconhecer dois pontos muito próximos. Vários fatores especificam a esta acuidade, em especial, a distância entre os fotorrecetores na retina e também da precisão da refração.Ela é determinada pela menor imagem retiniana percebida pelo indivíduo. Sua medida é dada pela relação entre o tamanho do menor objeto (optotipo) visualizado e a distância entre observador e objeto. A diminuição da acuidade visual causa importante déficit (défice) funcional e considerável morbidade a seus portadores. Seu reconhecimento é importante, pois na maior parte das vezes tal deficiência pode ser corrigida com terapêutica adequada. A acuidade visual pode ser medida através de escalas optótipos.
Mapeamento de Retina
O mapeamento da retina é um exame complementar (não faz parte da consulta normal) em que todo o fundo do olho e suas estruturas são avaliados. Difere da fundoscopia simples porque, nesse exame, só as estruturas centrais do fundo do olho são visualizadas.O mapeamento da retina é feito com a utilização de um aparelho chamado oftalmoscópio indireto e com o auxílio de uma lente que o médico segura entre o olho e o aparelho, neutralizando o poder de refração da córnea e, assim, permitindo a visualização das estruturas internas. Devido à forte luz utilizada, mesmo em olhos com opacidades de meios, como os com catarata ou doenças da córnea, o exame é possível.
Gonioscopia
A gonioscopia consiste no exame biomicroscópico do ângulo da câmara anterior do olho (seio camerular) onde o humor aquoso tem acesso às vias de drenagem: malha trabecular e canal de Schlemm.A gonioscopia é o exame mais importante para a classificação do glaucoma. Não devemos esquecer que o diagnóstico de glaucoma primário de ângulo aberto é um diagnóstico de exclusão. Inúmeras causas de glaucomas (secundários) precisam ser afastadas antes de se firmar o diagnóstico de glaucoma primário de ângulo aberto. Nesse tipo de exame, não é necessário acompanhante nem jejum. Não há dilatação da pupila e, por isso, podemos dirigir em seguida. A duração é de 10 minutos, em média, e o resultado é entregue na hora.
Curva Tensional Diária
O exame de curva tensional diária é realizado para o estudo do comportamento da pressão ocular durante o dia. É indicado no diagnóstico do glaucoma e no acompanhamento de seu tratamento, e pode ser associado à gonioscopia, para estudo da anatomia interna do segmento anterior do olho.Nesse tipo de exame, não é necessário acompanhante nem jejum. Não há dilatação da pupila e, por isso, podemos dirigir em seguida. A duração do exame é longa (das 07:30h às 17:00h aproximadamente), pois a pressão intraocular é medida a cada 2 horas.
Teste do Olhinho
O teste do olhinho (ou o teste do reflexo vermelho) é um exame que deve ser realizado rotineiramente em bebês na primeira semana de vida, preferencialmente antes da alta da maternidade, e que pode detectar e prevenir diversas patologias oculares, assim como o agravamento dessas alterações, como uma cegueira irreversível.
Paquimetria
A paquimetria é um exame que mede a espessura da córnea. É indicado nos casos de suspeita de glaucoma, edema de córneas e pré-operatórios de cirurgias refrativas.É um exame indolor e de rápida execução. Devemos estar sem óculos ou lentes de contato, caso façamos uso. Para sua realização, é apenas necessário que, após a instilação (colocação) de uma gota de colírio anestésico, fixemos nosso olhar no ponto determinado pelo médico, para que, com uma sonda ultrassônica, sejam feitas as medidas.No exame, não é necessário realizar a dilatação da pupila e, por isso, o procedimento pode ser realizado por um(a) técnico(a) em oftalmologia. Nesse tipo de exame, não é necessário acompanhante nem jejum. Não há dilatação da pupila e, por isso, podemos dirigir após em seguida. A duração é de 10 minutos em média, e o resultado é entregue na hora.
Campimetria
A campimetria é um exame médico que estuda a percepção visual central e periférica do olho. A percepção periférica, no ser humano, é em torno de 180º se estivermos nos referindo aos dois olhos, mas, como a campimetria é feita monocularmente, essa percepção reduz para 160º. Isso ocorre porque temos a cana do nariz que não nos deixa perceber a realidade em 180º. Em muitas doenças, essa visão espacial é reduzida, e a única maneira de detectar a perda é estudando o campo de visão. O campímetro computadorizado faz isso muito bem, informando muitos detalhes, a ponto de mostrar pequenas ilhas de falha da visão que chamamos de escotomas (degeneração macular senil, diabetes), perdas periféricas (glaucoma, retinose pigmentária) e perdas totais de quadrantes, que chamamos de hemianopsia.
Ceratoscopia
Ceratoscopia Computadorizada também é chamada de Topografia da Córnea, é o exame que mostra, ponto a ponto, as variações da curvatura corneana, permitindo o diagnóstico de patologias (a mais comum é o ceratocone) da superfície da córnea. É também muito utilizado para a adaptação de lentes de contato.

OTORRINOLARINGOLOGIA

Videoendoscopia Nasal Rígida
É um exame complementar de videoendoscopia que, ao visualizar toda a cavidade nasal, permite o diagnóstico preciso de doenças na via aérea superior. O exame é realizado no próprio consultório médico sob anestesia tópica, sendo o jejum desnecessário. Realizado preferencialmente em adultos para biópsias e cuidados pós-operatórios. Importante no diagnóstico de rinites crônicas, rinossinusites agudas e crônicas, hipertrofia da adenóide, desvio do septo nasal, pólipo nasal, tumor nasal benigno e maligno, remoção de corpo estranho nasal, diagnóstico de sangramento nasal, etc.
Nasofaringolaringoscopia Flexível
É um exame complementar de videoendoscopia que, ao visualizar toda a cavidade nasal, faringe e laringe, permite o diagnóstico preciso de doenças nas vias aéreas superiores. O exame é realizado no próprio consultório médico sob anestesia tópica, sendo o jejum desnecessário. Pode ser realizado tanto em adultos quanto em crianças. Exame rápido, prático e indolor, é importante no diagnóstico de rinites crônicas, rinossinusites agudas e crônicas, hipertrofia da adenóide, desvio do septo nasal, pólipo nasal, tumor nasal benigno e maligno, remoção de corpo estranho nasal, diagnóstico de sangramento nasal, etc.
Videolaringoscopia Rígida
Exame de fundamental importância no diagnóstico de afecções na laringe, imagem videolaringoscopiapermite a visualização de toda a região inferior da garganta (hipofaringe e laringe), útil na investigação de rouquidão (disfonia), engasgos e entalos (disfagia), dor e ardor na garganta, no diagnóstico de tumores de laringe, etc. Anestésico tópico é borrifado na garganta (lidocaína – avisar ao seu médico caso seja alérgico (a) a esta medicação) e o exame é realizado com o paciente sentado, introduzindo o telescópio através da cavidade oral, e para isso, o paciente projeta a língua para fora da boca e pronuncia vogais (E ou I).Tem como grande vantagem a qualidade da imagem quando comparado a videolaringoscopia flexível.
Videoestroboscopia Laríngea Fléxivel e Rígida
Exame semelhante a videolaringoscopia, porém, com o efeito estroboscópico, permite a análise das pregas vocais em “câmera lenta”, favorecendo o diagnóstico diferencial das lesões benignas de pregas vocais (nódulos, pólipos, cistos) e ainda, o diagnóstico de alterações estruturais mínimas (lesões mais dificilmente visualizadas pela videolaringoscopia comum).
Remoção de Cerume
Este procedimento de rotina no consultório otorrinolaringológico é realizado com a aplicação de jatos com água morna ou aspiração a vácuo. Procedimento indolor e rápido deve ser feito após a identificação do acúmulo de excesso de cerume no conduto auditivo externo. Os sintomas mais comuns causados pelo excesso de cerume são sensação de ouvido “tampado” ou “abafado”, coceira e perda auditiva temporária.
Remoção de Corpo estranho (Nariz, Ouvidos e Garganta)
Crianças de dois a quatro anos frequentemente introduzem objetos no nariz e ouvidos. Caso isso aconteça, não tente removê-los por conta própria, o objeto pode ser deslocado ainda mais para o interior da cavidade. Leve com urgência ao otorrino para a adequada e segura remoção do corpo estranho.
Sangramento Nasal (cauterização e Tamponamento)
Sangramento nasal é um problema muito comum em crianças e adultos. Pode ser causado por alergias, hipertensão arterial, traumas, sinusites e tumores nasais benignos e malignos. Nunca subestime o sangramento nasal, agende uma consulta com o seu otorrinolaringologista para um correto diagnóstico.

DERMATOLOGIA

Doenças de pele, cabelo e unha.
TEXTO:  Doenças de pele, cabelo e unha.
Testes Alérgicos
Os testes alérgicos nos permite analizar através de substâncias específicas, se o paciente apresenta reação estimulatoria do sistema imunológico a cada substância.

O Patch teste ou teste de contato consiste em analisar 30 substâncias diferentes através do contato direto com a pele.

Modo de realizar: o paciente deve apresentar-se a clinica 3 dias em uma semana. No primeiro dia são colocadas 3 placas, tipo adesivos, aderidas diretamente na pele (normalmente dorso). No segundo dia, o adesivo é retirado e se é feito a primeira leitura. No terceiro dia faremos a segunda leitura e a entrega do resultado.

Trata-se de um procedimento indolor.

O Prick test são pequenas punturas realizadas nos antebraços, sendo que em cada uma delas são adicionadas uma gota da substância a ser testada, como alimentos por exemplo.

Modo de realizar: os antebraços são devidamente higienizados. Depois marcados com uma canetinha e assim são feitas as punturas com lancetas. Por fim, são aplicadas as gotas das substâncias a serem testadas (ácaros, fungos do ar, abacaxi, camarão…). Após 20 min será feita a leitura e o paciente já sai da clinica com o resultado no mesmo dia

Escleroterapia (retirada de vasinhos)
Escleroterapia consiste na retirada de vasinhos superficiais na pele, através da esclerose.

Modo de realização : através de uma agulha muito fina, é aplicada uma substância especial com lidocaína dentro do vaso por meio de picadas, praticamente indolores. O líquido dentro do vaso faz com que a parede do vaso desidrate e se torne invisível aos olhos. Muitas vezes são necessárias mais de uma aplicação no mesmo vaso, até o mesmo ficar invisível. Quanto mais grosso o vasinho, mais resistente ele se torna. São esperados pontinhos arrochados após as picadas, que normalmente saem em 15 dias.

Cuidados antes da aplicação: tomar banho e não usar óleos ou hidratantes

Cuidados após aplicação: usar gelo nas primeiras 24 horas e depois uma substância prescrita pelo médico. Não se deve tomar sol nos 15 dias subsequentes

Cirurgias e biopsias de pele
As cirurgias ambulatoriais são feitas em consultório, e por serem lesões pequenas não trazem muitos riscos. As lesões após serem limpas e anestesiadas adequadamente podem ser retiradas por dois métodos:

Exérese tradicional: corte, retirada da lesão e sutura
Ou por eletrocoagulação CAF(Cirurgia por Alta Frequência): em que a lesão é cauterizada através de ponteiras específicas, por meio de altas temperaturas.

As biópsias são cirurgias, normalmente por exérese, em que são retirados fragmentos de pele. Os mesmos são colocados em um frasco em formol a 10%, que será entregue ao paciente, para que o leve a um laboratório de patologia. O fragmento será analisado e o resultado deverá ser encaminhado ao médico que o solicitou.
Este método auxilia o diagnóstico de diversas patologias cutâneas.

Toxina Botulínica (Botox)
Trata-se da aplicação de toxina Botulínica tipo A em pontos pre determinados pelo médico, através das queixas do paciente.
A toxina paralisa o músculo por tempo determinado (4 a 6 meses) com todos os efeitos explicados pelo médico antes do processo. Procedimento relativamente seguro sem muitos efeitos indesejados.

Modo de aplicação: realizado através de injeções locais, com agulha muito fina, o que torna a aplicação pouco dolorosa.
Pede-se repouso relativo após 4 h da aplicação.

Comumente usada para: tratamento de rugas, hiper-hidrose nas axilas, mãos e pés

Preenchimento
Procedimento realizado em consultório, em que se é injetada uma substância (normalmente ácido hialurônico) no local para suavizar marcas de expressão (rugas), em marcas pós acne, em face para volumizar, hidratação facial profunda e olheiras. Para cada indicação há um produto diferente.

Resultados fantásticos com aplicação de pequenas quantidades, para resultados muito naturais

Pellings químicos
São colocados ácidos no local, alguns podem apresentar pequeno ardor e desconforto, minimizados rapidamente.
Alguns podem descamar conforme orientação médica. Podem ser superficiais e profundos, a depender do objetivo.

Indicações: Manchas Anti idade, Hidratação, Acne, Estrias

Intradermoterapia (Tratamento de Estrias e gordura localizada)
Consiste na aplicação, através de picadas, de substâncias específicas que agem diretamente na queixa do paciente.

As aplicações são seguras, pouco dolorosas e possuem alto grau de satisfação. São procedimentos que não devem ser realizados isolados. Sempre associados a dieta (gordura localizada) ou a produtos típicos, sempre prescritos pelo médico (estrias).

Indicações : Gordura localizada, Estrias, Rejuvenescimento facial, Melasma

OUTROS SERVIDOS

Adaptação de Lentes de Contato
O objetivo das lentes de contato é proporcionar uma melhor visão no dia-a-dia e facilitar a prática de esportes. Elas são pequenos discos de material plástico, usados para corrigir miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia e para tratamento de ceratocone, uma afecção corneana que causa visão ruim não corrigível com óculos.

As lentes multifocais substituem os óculos para perto e possibilitam boa visão para longe.

A superfície externa das lentes proporciona conforto e melhoria da visão, enquanto a posterior possibilita que elas fiquem bem posicionadas na córnea e flutuem na camada de lágrimas existente nos olhos. Quando a pessoa pisca as pálpebras movimentam as lentes levemente. Esse movimento faz com que as lágrimas fluam sob as lentes, removendo os resíduos que se acumulam embaixo delas, e forneçam nutrição, lubrificação e oxigênio à córnea.

O candidato ideal ao uso de lentes é aquele cujo organismo produz a quantidade adequada de lágrima, não tem infecções crônicas nas pálpebras ou na córnea e não sente dificuldade em manuseá-las.

O uso bem sucedido de lentes depende também da escolha de um oftalmologista conhecedor do assunto, da motivação durante o período de adaptação e da observância das instruções para seu uso e manutenção. Para os que têm maturidade para seguir as instruções, a idade não é um fator importante. Porém, entre os mais jovens, a mudança de grau é mais freqüente ocasionando maior necessidade de acompanhamento e atualização das lentes.